domingo, julho 16, 2006

ice cake



Durante o fantástico weekend no Alentejo, para além de um gordo porco assado no espeto (cuja marinada era pincelada na carne com um grande ramo de folhas de louro), ainda provei maravilhosas saladas, sopa de cação, suculentos presuntos e queijos e uma gulosa sericaica. Enfim, entre outros mimos... incluindo um sumptuoso bolo coberto com cascatas de chantilly.
Com o calor que estava, ao primeiro olhar duvidei mas depois claro que não resisti à tentação e lá fui espetar o garfo. Qual foi o meu espanto ao descobrir que o dito bolo era uma verdadeira pedra! De gelado e absolutamente delicioso.
Não descansei enquanto não consegui arrancar a receita e ainda fiquei mais espantada ao descobrir os singelos ingredientes.
Entretanto já lancei as mãos à obra:

Bolo de Pudim Gelado
4 pacotes de pudim chinês Mandarim (cá está ele!)
2 litros de leite
12 colheres de açúcar
2 pacotes de bolacha Maria
2 pacotes de natas espessas para bater
café



1. Fazer um café forte ao qual juntei um cheirinho de Brandy e umas gotitas de caramelo líquido. Molhar rapidamente as bolachas.
2. Forrar o fundo de uma forma de aro removível com a papinha das bolachas. Levar ao congelador a prender.



3. Preparar o conteúdo de 2 pacotes de pudim conforme as instruções da embalagem. Deixar arrefecer um pouco e verter por cima das bolachas. Levar ao congelador até solidificar.
4. Colocar mais uma camada de bolachas, levar ao congelador, preparar mais 2 pacotes de pudim e verter por cima. Congelar. Finalizar com uma terceira camada de bolachas. Levar novamente ao freezer...



5. Desenformar e decorar a gosto e manter no congelador. Neste exemplo... bater os 2 pacotes de natas (muito frias) com umas colheres de icing sugar e um pacotinho de "fix chantilly", que deixa as natas óptimas para usar na seringa de pasteleiro.
6. Barrar o bolo, juntar um pouco de corante pink e desenhar cornucópias... <:-D
As minhas foram feitas às três pancadas em stress, mas para a próxima esmero-me!

***************************
Como viram não deve existir sobremesa mais básica apesar de demorar um bocadinho por causa dos tempos no congelador, mas acho que não me devem ter dado todos os segredos da receita original. Confesso que fiquei algo desiludida porque não saiu a maravilha que provei no Alentejo :-(
É um gelado simpático mas simplório e não houve o tempo necessário para o apurar. Dicas que podem ajudar: usar a verdadeira bolacha Maria Nacional em vez de sucedâneos espanhóis; usar leite gordo ou meio gordo em vez de magro com sabor a água; talvez ralar as bolachas e fazer uma papinha mais doce, eventualmente com um pouco de leite condensado ou cacau; colocar uma camada de natas no interior do bolo. Ou usar bolachas Oréo de chocolate :-D ?????
Tudo possibilidades a explorar até se chegar à fórmula certa. Eu vou continuar no laboratório. Alguém tem sugestões?

Etiquetas: , ,

5 Comments:

Anonymous P said...

Um knock out! Só é pena que não esteja a morar no meu frigorifico!

Os meus nobres amigos do oriente estão conquistados!
http://www.grapheine.com/bombaytv/play_uk.php?id=1460602

julho 16, 2006 4:56 da tarde  
Blogger fada*do*lar said...

Correção: Só é pena que JÁ não esteja a morar no teu frigorifico!
eheheheh... cookie monster!

julho 16, 2006 8:40 da tarde  
Anonymous P said...

Sad but true!

;-)

hehehehehehhe... boooooooooo... lachas!

julho 16, 2006 8:54 da tarde  
Blogger Elvira said...

Fiquei especada com tanto talento! À sério!

julho 17, 2006 7:39 da tarde  
Blogger fada*do*lar said...

Oh! menina Elvira! Por favor não goze comigo... esta experiência realmente correu muito, muito mal... :-(
Estava à espera de dicas de génio vindas de profissionais da culinária como a cara vizinha...
Ajuda precisa-se!

julho 18, 2006 1:59 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Mais recente›  ‹Mais antiga