segunda-feira, agosto 06, 2012

a milhas

Nesta época do ano, ganhasse a fada 3 tostões por cada informação prestada a turistas e já estaria rica.
Ao passear a Milú Maria lá fui abordada pela cagararararanésima vez, por criaturas de olhar errante e mapa na mão.
Desta vez calhou-me na rifa duas dondocas desarticuladas que debitavam um espanhol muito, muito, muito, encaracolado. Supus que talvez fossem das Américas do Sul.
Com olhares de bambi indagaram sobre qual a direcção para Belém. Apesar da grande dificuldade em perceberem o meu portuganhol, lá tentei explicar que, a partir deste local da cidade o destino não era facilmente acessível, assim a um virar da esquina.
De testa franzida e beicinho nos lábios rosa choque, perguntaram então — como alternativa — se para Palmela e Fátima deveriam virar à esquerda ou à direita...
Com uma palmadinha nas costas, lá as encaminhei rumo ao Castelo. Que subissem às ameias, olhassem 360º em redor e descobrissem por elas próprias.
Santa silly paciência.

Etiquetas:

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Mais recente›  ‹Mais antiga