domingo, fevereiro 22, 2009

o regresso da filha pródiga

Com a face enrubescida e os olhos colados no chão, faço uma muito vergonhosa confissão: qual mãe desnaturada, só hoje trouxe a minha adorada Milú de regresso ao doce lar.
Em vésperas da partida para Madrid, empacotei-lhe a trouxinha e seguiu recambiada para casa da avó, que se dispôs a fazer de babysitter. Todos os dias, lá das Espanhas, telefonei para lhe ouvir as ladridelas e rosnicos e confirmar que tudo corria sem percalços.
Bom, e entretanto regressei à pátria. No primeiro dia foram as horas impróprias, no 2º muito cansaço, no 3º um compromisso de trabalho, depois uma constipação, depois um atraso, depois um ataque de preguiça e assim, num piscar de olhos, em vez de 4 singelos dias passaram 11!!! O-N-Z-E!
O que me alivia o coração é saber que foi muito bem tratada e mimada, demasiado até, olhando para as banhas acumuladas... Além disso, a família choramingou imenso para prolongar a estadia porque - claro - quem tem uma Milú uma vez, nunca mais quer outra coisa.
Resumindo: de coração a palpitar lá fui, a correr e esfrangalhada de saudades, resgatar a minha bolinha peluda com um abraço de reencontro daqueles em slowmotion (leia-se, histericamente aos pulos, dado que com um fox terrier não se consegue outro efeito... com recepção tal, que quase me vieram as lágrimas aos olhos).
E agora está aqui, enroscadinha ao meu colo, a lamber-me os dedos... e o teclado :')
[pronto, de hoje em diante prometo um post enjoativo só uma vez por mês, ok?]

Etiquetas: ,

2 Comments:

Blogger Moskki said...

Snifff.....sniffff
Até já ouço a banda sonora desse reencontro...


snifff

Tadita tanto tempo sem a dona......

fevereiro 27, 2009 9:54 da tarde  
Blogger Mimi said...

O que eu não dava para assistir a esse reencontro com um balde de pipocas doces a acompanhar... :')

março 02, 2009 11:12 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Mais recente›  ‹Mais antiga