sábado, setembro 16, 2006

valha-me a sorte



Nos últimos tempos a fada*do*lar tem andado aterrada com a sorte que a espera.
Depois de largos meses de tranquilidade com o andar do lado desocupado, ultimamente tenho ouvido muitas chaves à porta, os piquetes da EDP e finalmente berbequins e marteladelas às 8h da manhã.
Diagnóstico 1: Estão a partir a casa toda. Vou voltar a ter chinfrim e pó por todo o lado.
Diagnóstico 2: Não tarda nada tenho vizinhos novos, paredes meias com o meu palácio %-Ainda não conheço as criaturas, mas com os pesadelos das experiências anteriores (excepção para os meus queridos e saudosos ex-neighbors, a prezada família DADA), não sei o que fazer. Se vá, de joelhos, acender uma velinha em Fátima, ou se lance já uma macumba pela janela.
Entretanto todos os 378 membros da prole dos vizinhos do 2º Esq regressaram de férias e as paredes voltaram a tremer todo o santo dia. Confirma-se que o cão da família esticou o pernil.
A velha do 2º Dto continua com uma pontaria infalível. O meu balde da esfregona está cheio de pratinhas de queijos La vache qui ri (ela lá sabe...), não falhou um único. E continua freneticamente a lançar baldes de água pela janela do saguão, desta vez tendo como alvo o pobre gato do vizinho do r/c Dto.
Esse mesmo vizinho, um artista todo giraço, continua uma besta quadrada de primeira, a bater portas a qualquer hora do dia ou da noite, com tal violência que o estuque até salta.
Dos vizinhos do r/c Esq não há sinais de vida. Nem do tenor francês. Valha-me isso.
Como podem constatar: tudo normal no Castelo ocidental.

Etiquetas: ,

13 Comments:

Blogger a. said...

ohhhh... les voisins, les voisins... delicioso! :)

setembro 16, 2006 4:36 da tarde  
Blogger fada*do*lar said...

Viva! Viva!
Bem vindo, visível ;-)
Bons vizinhos, só aqui na bloglândia.

setembro 16, 2006 10:25 da tarde  
Anonymous Carecone said...

Pense! De repente á alguém, não qualquer alguém, mas aquele alguém! Sabes?
Bah, que intrometido sou eu, vai que não espreitas nada com ninguém, menos muito com alguém... mas vai que de repente os novos moradores, as novas moradoras, todos eles juntos, vai que são gente de boa qualidade!
Vou ficar torcendo! Já passei apuros com vizinho, não desejo isso para o pior inimigo, se tivesse inimigos, quanto mais para uma fadinha tão fina e simpática!

setembro 17, 2006 3:33 da manhã  
Anonymous Carecone said...

era "é" e não "á", ali, antes do alguém...

setembro 17, 2006 4:49 da manhã  
Blogger gotadagua said...

O facto de não haver sinais de vida dos vizinhos do r/c Esq pode ter a ver com a violência do artista todo giraço.
Ainda por cima, uma besta quadrada de primeira.
Por outro lado, o tenor francês não dá sinal de vida.
Espera-se desenvolvimentos.
Mas tenho para mim que a principal suspeita é a vizinha do 2º dt. A prova é que ela come queijos La vache qui rit. Espalha pratinhas dos ditos pelo chão.
E lança baldes de água pela janela do saguão. Tudo muito estranho e altamente comprometedor.

setembro 17, 2006 5:14 da manhã  
Blogger Silvares said...

O teu castelo dá um belíssimo argumento para um conto, um filme, uma novela... o céu é o limite! E, permite-me o elogio, a tua escrita ajuda a pensar que seria um belo argumento.

.-D

setembro 17, 2006 2:24 da tarde  
Blogger lorenzetti said...

rit rit

setembro 17, 2006 7:17 da tarde  
Blogger Osiriums Ventaka said...

Bem, eu também não sou um vizinho exemplar, mas o barulho que faço é só de dia. É mais a questão de ouvir música, mas paciência, de vez enquando também sou acordado com o vizinho de cima a ouvir musica comercial -.-

setembro 17, 2006 10:58 da tarde  
Blogger Mimi said...

Mas vives num castelo medieval?

setembro 18, 2006 1:42 da manhã  
Blogger mi said...

fadinha, estou a ver que o teu dia-a-dia é muuuuito animado! :D

vamos ter que resolver esse probleminha dos vizinhos, com macumba, com velinhas, tanto faz!

não quero que estragues a beleza por causa desses trogloditas :)

setembro 18, 2006 10:28 da manhã  
Blogger fada*do*lar said...

Ai... vida de fada à mercê da vizinhança...

Mr. Carecone,
Continua com a torcida pela fada.
Pode ser que me apareça o príncipe encantado na janela ao lado, se bem que posso apostar o escalpe que vai ser o oposto...

*************************
Gota d'água,
Bem vinda à casa da fadinha!
(desde que seja só uma gotinha e não uma chuvada, eheheheh).
Bem... eu própria não teria melhores palavras para analisar a situação... ;-D

*************************
Sr. Silvares,
O teu elogio deixou-me derretida :-)
Mas caro amigo, qual filme ou novela... isto é PURA banda-desenhada! Banda-desenhada!

*************************
Lorenzetti,
Novamente desejos de boas-vindas a esta humilde casa.
Rit-rit???
Espero que o último a rir, ria melhor...

*************************
Osiriums,
Olá novamente!
Pois, claro que temos que viver e fazer "barulho".
Eu também quando caminho não flutuo no ar.
É só uma questão de limites, bom senso e respeito.

*************************
Mimi,
Pois claro que vivo num castelo medieval!
Pela data histórica do bairro e pela mentalidade e hábitos dos habitantes...

*************************
Mi,
Isto é uma permanente animação.
Hoje aqui ao lado é dia de afagar o chão!
Aguarda-se as cenas dos próximos capítulos...

setembro 18, 2006 12:15 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

então fadinha, e o incenso "afasta vizinhos" que te dei?... já gastaste todo? queres q te empreste aquele do "chora a meus pés"?

Nao tens medo que os teus vizinhos (especialmente o giro violento) descubram a identidade da fadinha e leiam o q andas a escrever sobre eles?

tix

setembro 18, 2006 11:17 da tarde  
Blogger fada*do*lar said...

Tixi! :-D
(sou uma desnaturada... já sei...) :-(

Acho muito pouco provável que os vizinhos descubram esta casa, se bem que o do r/c dto tenha uma faceta muito fada-do-lar, tendo em conta as múltiplas cargas à máquina e estendais que faz todos os dias...

Mas, e se aqui chegar qual é o problema? Não estou a dizer mentira nenhuma!
E se achar ofensivo ter-lhe chamado besta quadrada PORQUE BATE SEMPRE COM AS PORTAS DE UMA FORMA BRUTAL, PORTANTO É UM MAL-EDUCADO SEM RESPEITO PELOS VIZINHOS!!!!, perdoa-me logo, porque também lhe chamei giraço...
eheheheheh ;-)

Opá, tenho que ir à procura do incenso. Acho que ainda me sobrou um restinho...
E tu? Não devias estar a caminho de London town? :-D

setembro 18, 2006 11:52 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Mais recente›  ‹Mais antiga