sábado, abril 06, 2013

cut loose

Por vezes são pequenos – pequenissimos – instantes que fazem a diferença e que incitam ao poder de despoletar o gatilho. O gatilho, o grito surdo, o estoiro do balão, o estilhaço, o cansaço. 
E aconteceu. A gana de atirar com a loiça toda contra a parede. Com a vontade de não me cortar novamente na cacaria, mas atirá-la de vez para o lixo. Sem a tentação de a esconder debaixo do tapete, na esperança infundada de um dia descobrir o segredo de uma super cola com a capacidade de reconstruir o puzzle.
É assim que me sinto, sem alarmes, porque cá continuo – e continuarei – fluffy and pink, as usually.
"Estúpida, tão estúpida" passou a ser uma quote (chegará a clássico!) com grande poder catártico [;)], o que é uma excelente conclusão, convenhamos.
Fora com os "cordelinhos" presos ao pé da mesa. Mais do que reais, são mentais, por isso venham as tesouras. Ou os dentes, se necessário.
Sei que nunca terei a coragem de chegar a tais extremos mas amarrada por amarrada, antes assim, com arte :)
To Tixi with

Etiquetas: ,

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Mais recente›  ‹Mais antiga