domingo, fevereiro 17, 2013

remind myself to remind myself

Aaaah... a gloriosa satisfação de criar to do lists. Encher papiros quilométricos de itens, a fazer, a procurar, a comprar, a consertar... Escrevinhar post-its – que mesmo se forem de outra cor acabam por se tornarem amarelos com o passar do tempo – e forrar o ecrã do computador com eles. Fazer inúmeras anotações em caderninhos que, dia-após-dia, passam da mesa de cabeceira para a carteira e vice-versa. Rabiscar pedaços de papel, guardanapos ou em desespero, a própria palma da mão, com lembranças de última hora.
Falando por mim, no caos que me rodeia e que frustrantemente não consigo domar, estes rituais têm o intuito de ajudarem a não descurar assuntos minimamente importantes, para que a vidinha siga um pouco mais organizada e metódica. 
Sempre cheia de boas intenções, o ano inteiro... Até tenho umas folhinhas cor-de-laranja "especiais" exclusivamente para as listas do supermercado. Ora, que requinte.
A listagem da passada semana apresentava-se bem preenchida e, entre assuntos mais burocráticos, urgentes e sérios, assim que detectei no duche o boião a ficar algo oco, o item "comprar shampoo" foi acrescentado e sublinhado. Mas, volvida outra semana, aqui tenho o mesmo rectângulo de papel, amarfanhado e sem nenhuma check mark assinalada. 
Porquê?
segunda-feira – nem li a lista
terça-feira – nem saí de casa
quarta-feira – saí de casa mas nem me passou pela cabeça
quinta-feira – passou-me pela cabeça mas o supermercado já estava fechado
sexta-feira – who cares? é sexta-feira
sábado – outras prioridades falaram mais alto
domingo: enfiada na banheira e já ensopada em água a ferver, o gesto de esticar a mão para agarrar o shampoo foi abruptamente paralisado. A ideia de sair dali e procurar amostras roubadas em hotéis não pareceu nada aliciante (friiiiiiiiio), pelo que com um subtil encolher de ombros, decidi que uma compota de morango (ver 7 posts abaixo...) poderia dignamente cumprir a função. 
Corri o risco de ficar com o cabelo feito num ouriço mas, ou era isto, ou fingir que me enganei outra vez.
Desmiolada por desmiolada, mais vale assumir.

Etiquetas:

3 Comments:

Blogger eli said...

pelo menos ficavas com cabelo a cheirar muito bem ;) **

fevereiro 17, 2013 10:18 da tarde  
Blogger Mimi said...

Está bonito, isso.. ;)

fevereiro 18, 2013 1:26 da tarde  
Blogger fada*do*lar said...

Olá Eli! :)
Sim, pois, é verdade. Pelo menos não piorou o estado lastimável em que, de qualquer forma, se encontra o meu cabelo.
E fiquei a cheirar a morango dos pés à cabeça, literalmente...

***************
Mimi,
Então? Estás à vontade! Não te acanhes!
Podes dizer abertamente o que te passou pela cabeça: a fada é choné! a fada é choné! a fada é choné!
oh yeah... ;)

fevereiro 18, 2013 11:41 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Mais recente›  ‹Mais antiga