segunda-feira, julho 02, 2012

free fall



Ontem descobri — não da melhor forma – a origem dos muitos ruídos estranhos e algo sinistros, que nos últimos dias têm posto as orelhas da Milú em riste e os meus nervos um bocadinho irrequietos:
Tenho uma família de pombos com ninho montado no topo da chaminé. Sweet!
Ora como resultado, ao chegar ao fogão (não utilizado recentemente por efeitos de uma dieta à base de pão com queijo, conquilhas e caracóis), deparei-me com o mesmo forrado (sublinho, f-o-r-r-a-d-o) de ramos e gravetos. Ah... e cagadelas. Muitas cagadelas salpicando tachos e paredes :-\
Não imagino qual a solução para o problema. Ao telhado não consigo subir, já não existem limpa-chaminés, o cabo da vassoura também lá não chega, e nem sequer uma chama acesa no máximo tem o poder de conseguir chamuscar alguns rabos.
Conclusão: nos próximos tempos — definitivamente — não vou cozinhar sopas.
A única esperança que nutro é a possibilidade de que algum item mais interessante ainda venha a cair.
E que acerte directamente na frigideira. Refeições ready-made é o que eu preciso.

Etiquetas:

4 Comments:

Blogger passarola said...

existem limpa-chaminés sim, vêm aqui ao prédio todos os anos. Não são tão charmosos como o Dick Van Dyke, nem cantam nem dançam no telhado, mas ainda há disso por aí ;)

julho 02, 2012 10:22 da manhã  
Blogger fada*do*lar said...

Ou vem o Dick Van Dyke, ou não quero mais ninguém! ;D

(a sério? ainda existem? hum, e por acaso não tens o cartão de visita de algum dos senhores que te vassouram a chaminé?...)

julho 02, 2012 10:29 da manhã  
Blogger Formiguita Bipolar said...

Onde vivo também há limpa-chaminés, pois vejo a publicidade a eles recorrentemente. Páginas amarelas?

julho 08, 2012 11:01 da tarde  
Blogger fada*do*lar said...

eeeeerrr... limpa-chaminés? lista telefónica?... eeeeerrrr...
Elementar!

julho 09, 2012 10:38 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Mais recente›  ‹Mais antiga