quarta-feira, março 28, 2007

encaixa à medida



Os chapéus do dia.

Cada cabeça, sua sentença.
Usar chapéus que são um obstáculo ou distorção a uma audição justa e pragmática é de extremo mau gosto, senão mesmo de profunda arrogância... Digamos que é uma certa forma de autismo egocêntrico e de prepotência. Entre a cabeça, o umbigo, o orgulho, a mesquinhez e a consciência distam somente meia dúzia de centímetros mal alinhavados e aos ziguezagues.
Que tristeza ouvir conselhos caridosos e moralistas, pareceres destituídos de qualquer significado ou conhecimento da realidade e verdade, opiniões e conclusões cobertas de ignorância, arrogância e egoísmo!
Dói e desespera, principalmente quando se espera a resposta e atitude oposta, quando a comunicação, os códigos, o simples léxico falha redondamente e nos deixa a debitar – aliás, a gemer, a miar, a gritar em circuito fechado e em "chinês", perante tal pequenês.
O que encaixa e serve – perfeito – senão, limitamo-nos a enfiar inocentemente ou incredulamente o barrete – para quem não o conseguir evitar.
A fada aqui está, irremediavelmente de braço no ar, porque afinal... estes chapeauxs bolos de creme, a mim, deixam-me doida e a imporem um incontornável brilho nos olhos do orgulho e do deslumbre. Quase um laivo de loucura. Aguenta-te à bronca, chéri...
A vida é a pura contradição, ou também como diria um caramelo meu amigo: o maior espectáculo do mundo. Bem vindos à arena!

Etiquetas: ,

6 Comments:

Blogger Carecone said...

Não sou muito partidário de tal apetrecho...

Quanto à vida: "o importante é ser feliz e mais nada!"

Beijo grande Dona Fada e uma ótima semana!

março 28, 2007 5:05 da manhã  
Blogger eli said...

eu e chapéus não somos muito amigos mas gosto bastante de gorros que me tapem bem as orelhas para ficarem quentinhas por isso por vezes não oiço muito bem o que se passa à minha volta ;)
**

março 28, 2007 5:48 da tarde  
Anonymous silviaagostinho said...

só se devia enfiar...a carapuça

março 28, 2007 6:51 da tarde  
Blogger Moskki said...

E eu a pensar que Fada tinha ido de vacances, com sua porchetta, e valise Vuitton, não de carton...E eis que pupila no seu blog este escrito, quase com poder político...Eu voto!!!

março 28, 2007 9:30 da tarde  
Blogger Mimi said...

My God!!! Só mesmo uma Lady como tu para usar os chapéus como metáfora para "encobrir" uma revolta interna..
Quem te deixou assim?? Nós fazemos-lhe uma espera!

março 29, 2007 1:04 da tarde  
Blogger fada*do*lar said...

Se contasse, ninguém iria acreditar... às vezes nem eu própria consigo!
Uma história da Gata Borralheira na perfeição. O argumento completo e personagens do conto de fadas está lá, mas a versão é a de TERROR!
Um dia, farei uma banda desenhada de tudo isto e talvez ainda consiga rir...
Beijinhos a todos e perdoem-me o silêncio e ausência.

abril 02, 2007 6:58 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Mais recente›  ‹Mais antiga