quinta-feira, fevereiro 08, 2007

intermezzo cultural



Ora bem, segundo alguns pareceres boca-a-boca que a fada foi ouvindo pelas esquinas desta cidade, e também segundo a sua própria sensibilidade, constata-se que nos últimos tempos este blog tem andado numa trajectória algo circular...
Mais uma vez, àqueles prezado(a)s visitantes que aqui chegam (regulares mas sempre invisíveis), e que por alguma razão se sentem excluídos de certas temáticas ou jogos "mais circunscritos", novamente a fadinha apela À VOSSA PRONTA INTERVENÇÃO!
Devem compreender certamente, que só assim este espaço pode ganhar novos horizontes, novas cores e novos motivos de interesse... Cada vez mais, penso que só quem gere um blog "algo democrático" é que se apercebe da forma como vão surgindo e crescendo determinadas dinâmicas, mas já sabem que estou sempre de braços abertos a propostas, mesmo que não possua poderes de telepatia para entrar nos vossos cérebros e decifrar os vossos desejos.
Well, retomando um bocadinho o espírito fada*do*lar dos "velhos tempos" vou em breve ressuscitar a rubrica "o correio-da-fada" para mostrar as coisas fantásticas e curiosas que me vão chegando via email. E também... retomar a divulgação de novos mundos, que segundo a visão cor-de-rosa que impera nesta casa, merecem um destaque especial, seja pelo seu interesse artístico, lúdico, prático ou até pedagógico, ehehehehe.
No seguimento de umas fofocas trocadas durante o jantar, entre os meus most dearests friends Miss Tixi e Mr. Batráquio, hoje recomendo uma visita ao mundo maravilhoso e docemente macabro de Mark Ryden.
Não o fiz antes por pensar que era um dado adquirido para a maioria de vós, mas mesmo que o seja, vale sempre uma nova espreitadela deslumbrada a estes universos.
Investigem a fundo e fascinem-se!

Etiquetas: ,

7 Comments:

Blogger eli said...

para mim, não era dado adquirido, não conhecido de todo. embora macabro, gostei bastante ;O)
**

fevereiro 08, 2007 1:47 da tarde  
Blogger Mimi said...

Ah, ma che bello questo intermezzo culturale..
Gostei muito: grotesco e doce. Tipo chocolate com gengibre!

fevereiro 08, 2007 2:51 da tarde  
Blogger LK said...

é sempre bom voltar à "casa" do Mr Ryden e vislumbrar aquelas fantásticas obras, não há explicação para tal imaginário eheheh e aquelas molduras são belissimas. Não sei se conheces a Atomic um estudio de tatuagens ali na rua da alegria, eles têm lá muitos muitos quadros (reproduções é claro) do Mark Ryden, axo que foi ai que me deparei com estas obras. Há uma outra artista, não sei se conheces, que é mais ou menos no mesmo mundo imáginario do ryden, deixo aqui a galeria da Ana Bagayan http://www.anabagayan.com/ eheheh

Beijinho

fevereiro 08, 2007 8:51 da tarde  
Blogger Moskki said...

Já conhecia o Mark Ryden....
Eu gosto do jogo entra a maldade e a inocência...

fevereiro 08, 2007 9:36 da tarde  
Blogger fada*do*lar said...

Mr. Ryden rules!
Muito bom :-)
Realmente, o dado adquirido é para a "esmagadora maioria" dos meus amigos artistas ou para quem se mexe mais nessa área. Ainda bem que é um mundo a descobrir para outros de vós.

*******************
Lk,
Obrigada pelo link!
Esta não conhecia eu, embora hajam muitos autores com obras na mesma linha. Daqui a uns tempos mostro mais uns quantos.

*******************
Mimi,
Quer isso dizer que a menina não gosta de gengibre? eheheheh

fevereiro 09, 2007 11:10 da manhã  
Blogger Carpinteiro said...

É sempre bom passar por aqui e é bom rever Ryden - ainda para mais nesta casinha cor de rosa! :D

Fui espreitar ao site a minha figura favorita - a Angelica Carnis do 'Angel of Meat', simultâneamente inocente e carne ela própria, como o bife gigantesco que carrega. Só Ryden...

É simplesmente fantástico todas as transgressões e manipulações de conceitos, alguns da nossa herança cultural cristã, que faz enquanto pinta figuras belico-doces, especialmente neste 'Meat Show'.

Bjnhs para a fada

fevereiro 10, 2007 3:30 da tarde  
Blogger Mimi said...

Gosta gosta. Grotesco e doce: perfect match ;)

fevereiro 12, 2007 12:20 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Mais recente›  ‹Mais antiga