sexta-feira, fevereiro 23, 2007

diabolikamente bom



Corria o ano de 1962 quando, as ragazzas irmãs Angela e Luciana Giussani tiveram a sublime inspiração de criarem o personagem mais charmoso, explosivo e sexy da história da Banda Desenhada! A fada é fan incondicional! Aaaaaaahhhh.......
Diabolik, é um ladrão profissional cinco estrelas, que não usa armas de fogo mas não hesita em matar, e vive para desferir os mais improváveis e arriscados golpes tendo sempre como alvo valiossíssimas jóias ou uns quantos milhões em cash ou lingotes de ouro.
O [quase super] herói, sempre apoiado pela sua companheira Eva Kant, que lhe iguala em beleza, austúcia, inteligência e sangue frio, obedece no entanto a códigos de honra, ética, amizade, protecção dos mais desfavorecidos e despreza sempre os injustos e mafiosos. É impossível, a quem acompanha as suas aventuras, não torcer até ao fim para que estes vilões, cheios de requinte e glamour, escapem ilesos. E felizmente, quase sempre terminam as suas missões com glorioso sucesso, fazendo-se valer de engenhosos disfarces, planos cheios de imaginação e equipamentos tecnológicos de tal forma sofisticados, que fazem o James Bond
parecer um menino de escola.



Corria o ano de 1967 quando o realizador Mario Bava teve a magna ideia de passar Diabolik para a tela. E não podia ter escolhido melhor actor para o interpretar. O herói em carne e osso é de bradar aos céus! Aiiiiiiiiiii... o anjinho de Barbarella... quem diria.
A actriz escolhida para Eva, quanto a mim, ficou àquem da personagem requintada retratada na BD, mas dito assim parece inveja, eheheheh.

Infelizmente nunca vi a obra-prima, mas estas estrepitosas aventuras em cenários de luxo space-age psicadélico, os jaguares, preto para ele, branco para ela (no original, ambos são pretos), as roupinhas, a música e a imaginação cenográfica de algumas cenas, fazem-me pensar que às vezes, afinal, o crime compensa ;-)



Etiquetas:

8 Comments:

Blogger Cordonbleu said...

Essas notinhas estratégicamente colocadas...mas que bem!
poderia tudo ser assim tão perfeito?

fevereiro 23, 2007 4:52 da tarde  
Blogger LK said...

humm esse ladrão não está mesmo nada mauuuu hum hum! Desconhecia, tenho que ir investigar sobre ele ihihih
Concordo com o comment da Cordonbleu ehhheeh poderia ser mm assim tão perfeito!

fadinha tenho um novo blog, ainda em underconstruction mas a andar ;D segui o tem conselho de fazer um blog com alguns trabalhinhos meus eheh

***

fevereiro 23, 2007 10:46 da tarde  
Blogger Dakini said...

A procurar essa obra prima. :)

fevereiro 24, 2007 1:10 da manhã  
Blogger Carpinteiro said...

Não conheço a BD nem o filme, nas desde já esta cena da cama cheia de notas é mesmo NOTA 10! ;P

fevereiro 24, 2007 5:46 da tarde  
Blogger Silvares said...

Mmmmmh, realmente aquelas notinhas que se passeiam no dorso da menina Kant têm qualquer coisa de estranho.
Já o Diabólico não parece particularmente concentrado no que está a fazer, se é que me faço entender.
Talvez estivesse já a engendrar o próximo grande assalto a uma joalharia.
Os heróis de BD nem sempre têm a cabeça no lugar. Os marotos!

fevereiro 25, 2007 1:45 da tarde  
Anonymous a. said...

sem dúvida... as últimas fotos acabaram comigo... muuuuuuuuuito bom!! :)

março 05, 2007 12:55 da manhã  
Blogger castor said...

nunca viste o filme? isso é que é mau... aqui há tempos passou no maxime, e valeu muito a pena.

março 22, 2007 7:31 da tarde  
Blogger fada*do*lar said...

Olá "mano" Castor!
É um prazer finalmente receber-te aqui :)
Sim, sei que passou no Maxime o ano passado, mas não consegui ir ver.
E em dvd só consigo na Amazon para região 1. Uma chatice...
See you around!

março 22, 2007 9:36 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Mais recente›  ‹Mais antiga