sexta-feira, outubro 13, 2006

detalhes



Finalmente a vizinhança começa a reagir depois dos excessos da festa e a dar sinais de vida na bloglândia.
Para começar fico contente pelo comentário de uma nova, simpática e talentosa vizinha, Miss Kitty, que veio confirmar que a noite correu bem e que a percepção da fada não foi enebriada pelos vapores da confusão ;-)
Por sua vez, a minha amiga de longa data, Alice, levou o dress code a rigor e garanto que estava magnífica!
Entretanto, e a propósito do comentário de um anónimo, com quem por acaso tomei o pequeno-almoço pós-festa, vou-vos contar mais uma aventura.
Bem, na realidade não é exactamente sobre a festa, mas do já referido pequeno-almoço... Imaginem o sol já alto, as olheiras mal disfarçadas e os pés naquele estado que também já referi. Lá vai a fadinha (de óculos escuros, que de outra forma seria impossível!!!) com um pequeno grupo de amigos, a caminho de tomar um reconfortante breakfast.
Localização geral: arredores da estação de Santa Apolónia, Lisboa, ± 9h da manhã de uma agitada e normalíssima 4ª feira laboral (para os comuns mortais...).
Localização pontual: um cafézito q.b. pacato, ou não fosse a clientela composta por 3 grupos mais ou menos enquadrados. A saber: velhotes que juntos vão tomar a primeira refeição do dia, molhando as torradas nos seus galões; residentes da zona apressados em levar os filhos à escola ou em chegar ao emprego; e talvez os clientes "mais típicos", os futuros passageiros da CP, que fazem tempo a ler o jornal com o café ao lado, até à hora da partida do comboio.
Estes seriam, como referi, 3 possíveis "tipos" de clientela normal. Falta incluir a fauna anormal que naquela manhã ali abancou. Novamente a saber: 5 criaturas com ar de terem saído de um filme... no mínimo surrealista (mas afinal era essa a intenção, correcto?).
Então vejamos como se encaixaram no cenário da normalidade:
Tixi: vestido cai-cai de tafetá com grande saia armada e vistosa e respectivos mega laçarotes, ao melhor estilo de Anita Ekberg.
Efeito geral: a saia obviamente ficou escondida debaixo da mesa e pelos ombros a menina, que estava com frio, colocou o mais inócuo casaquinho de malha preto.
Charlie: fatinho a rigor, sapateco bicudo branco e adereços escolhidos a dedo.
Efeito geral: khol nos olhos (àquela hora, já passou por olheiras), enchárpe de lantejoulas douradas sabiamente guardada no bolso, chapéu branco de feltro discretamente em repouso no assento da cadeira.
Miss S. Anónima: apresentou-se na festa com um estonteante "macacão" anos 70 de corte e padrão lindos de morrer. Não parei de repetir que tal indumentária não merecia ser só usada em festas de "máscaras", mas ela não pareceu convencida. Bem, o mais espampanante eram as calças largíssimas, tipo plissadas e com um cair de tecido maravilhoso e ondulante.
Efeito geral: de perninha cruzada debaixo da mesa do pequeno-almoço, claro que ninguém viu nada...
Mr. Anónimo: tirando um panamá florido (afinal ainda temos umas réstias de verão e o sol estava forte), o incrível da fatiota deste cavalheiro era a sua saia! Aliás... uma peça costurada especialmente apartir de uma toalha de mesa em tecido bordeaux adamascado (na realidade era uma colcha mas isso já são pormenores...).
Efeito geral: a saia/toalha/colcha ficou quietinha e invisível debaixo da mesa, pois então...
Fada*do*lar: foi relativamente discreta para a festa. Vestido preto, casaquinho preto, uma camélia branca, sapatos pretos&brancos, enfim, tudo itens que usa normalmente. Se bem se lembram, a peça "it" era obviamente o enorme ninho de plumas espetado no tótiço e pregado de tal forma que foi um sarilho para arrancá-lo (já em casa).
Efeito geral: Ora imaginem! Uma mesa com 4 pessoas normais e uma galinha! Que eu saiba a cabeça não costuma ficar debaixo da mesa!!! Antes fosse avestruz! %-Quanto à minha aparatosa chegada a casa, saudando jovialmente a vizinhança, D. Ana e Sr. Manuel da mercearia incluídos, o momento ainda foi mais interessante e de grande efeito dramático, como devem supor...
Para ultrapassar os traumas adquiridos, aguardo ansiosamente relatos das vossas aventuras. Por favor...

Etiquetas: , ,

11 Comments:

Blogger Moskki said...

Imagino são os comentários do Sr Manuel e da D.Ana, quote " Ela era tão boa moça..."
E ainda bem que não tens os meus vizinhos senão a história era uma versão de terror alargada com vários episódios, tipo Dallas, com finais dignos de Hitchcok....
Mas enfim....Se és tu que estás na foto e consoante a descrição que fazes...Achei-te muito Hepburn...E pelo que consigo ver gosto muito dos sapatitos...
Aja bom gosto...
Pois o que não falta são pindéricas ...

Bom fim de semana

outubro 13, 2006 8:17 da tarde  
Anonymous Carecone said...

Saudades de vir aqui, adorei o post, que para variar é bem humorado e leve!
Tenho andado negligente com a blogosfera, é fase... como aquariano, é difícil ficar sempre numa atividade,constantemente, daí dou uma parada e volto com força e saio e volto... hehehe! Espero que não se esqueças do mondo!
Beijo.

outubro 14, 2006 12:00 da manhã  
Blogger Silvares said...

Cada vez mais me impressionam os teus dotes literários (li em voz alta este post à Ana, espero que não seja abusar da tua escrita).
Divertidíssimo!

outubro 14, 2006 1:15 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

uau...

outubro 14, 2006 4:42 da tarde  
Blogger fada*do*lar said...

Moskki,
Pelo que conheço das criaturas, a D.Ana deve ter ficado com a cara de enfado que Deus lhe deu e pensamentos pouco ortodoxos. Quanto ao Sr. Manuel (que não sei como a aguenta...), certamente esboçou um ténue sorriso e um dia destes ainda deve fazer alguma piada :-)
Um dia, se tiveres tempo, dá uma olhada aos arquivos da fada para conheceres melhor os meus vizinhos...

Bem, esse elogio da Hepburn deixou-me nos píncaros!!! Quem dera a mim! Mas nos dias de festa, de luvas e saltos altos, lá se vai sonhando...
Fora com a pinderiquice!
ihiihihihihi

**********************

Mr. Carecone
Já sabes que este blog é peso pluma (no caso deste post, então nem se fala! eheheh)
Força no Mondo, tá na hora de limpares as teias de aranha.
A post a day, takes the blues away!!!

**********************

Sr. Silvares,
Essas palavras vindas de um escriba do teu calibre até me fizeram corar.
A fada está babada! :-D
À conta disso já fui fazer a revisão e correcção dos erros ortográficos, pontuação e sintaxe gramatical! (olha que estou a falar a sério!)
eheheheheh

Oh! Um grande beijinho para a Ana!
Ela já nem se deve lembrar de mim.

**********************

Mimi,
Uau-uau!
Miau-miau!
Mé-mé!

;-)

outubro 15, 2006 7:16 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Mas que rasgados elogios ao "meu" macacão!

Obrigada, em nome da sua verdadeira "dona"!

Eu senti-me a própria da cortina e/ou sofá a noite/manhã toda... mas não falemos mais nisso!!

Ainda estou a recuperar dessa grande noite!

Bjs,

Miss Sissi

;-)

outubro 16, 2006 3:08 da tarde  
Blogger fada*do*lar said...

Miss Sissi (a anónima!)
Nem imaginas como fico feliz por FINALMENTE "dares a cara" :-D
Espero que não seja uma vez sem exemplo!
Agora só me falta arrancar a Miss Fifi pirilampo às malhas do anónimato...

Pois... garanto-te outra vez: o macacão era LINDO!!!
(gostos não se discutem.. eheheheh)

outubro 16, 2006 5:50 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Pois é, querida fada, aqui o sr. toalha-debaixo-da-mesa também se divertiu ao chegar a casa porque em tão estranha manhã havia um acidente frente à minha casa, com polícia e ambulância. Áquela hora chega um taxi com 2 personagens no mínimo estranhas, uma de macacão e outra de chapéu e saia... em tantos dias de semana, com tanto carro em Lisboa, foi ali, frente à minha casa, que o choque se deu. Bonito hã?!

Mas venham mais festas, mais regabofe. e mais dresscodes!

outubro 17, 2006 1:52 da tarde  
Blogger a. said...

ui ui... que look mais "almodovarizado"!!! :D just kidding!! Parece que estava o máximo dos máximos!! muito muito elegante mas "felino"!! ; )
para além da galinha, gostei particularmente do cachucho por cima da luvita!

viva a galinha!!!

outubro 17, 2006 3:34 da tarde  
Blogger Carpinteiro said...

Em grande fada, como sempre!

outubro 18, 2006 12:05 da manhã  
Anonymous tixi said...

só uma fadinha para tentar transformar uma abóbora na Anita Ekberg... a saínha do vestido napolitano tinha tantas nódoas de bebidas várias que nem sei como teve coragem de saír debaixo da mesa...
e o problema nao se resolveu a 30º... querem ver que a borralheira ainda vai ter de lavar o vestido à mão? ;(

outubro 20, 2006 3:27 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Mais recente›  ‹Mais antiga