quarta-feira, dezembro 11, 2013

illuminati

Breve inventário dos lúmens caseiros:
SALA
Lustre – 12 lâmpadas – todas fundidas
Cinco candeeiros de mesa – 5 lâmpadas – 4 fundidas
Foco de tecto – 3 lâmpadas – todas fundidas
QUARTO
Dois candeeiros de cabeceira – 2 lâmpadas – 1 fundida
Foco de tecto – 1 lâmpada – fundida
ATELIER/CLOSET
Dois candeeiros de mesa – 2 lâmpadas – 1 fundida
Um candeeiro de estirador – 1 lâmpada – funciona! há anos! uma década, diria!
Foco de tecto – 1 lâmpada – fundida
COZINHA
Iluminação de bancada – 18 lâmpadas de halogéneo – 5 fundidas
Luz da chaminé – 1 lâmpada neon – fundida
Candeeiro de tecto – 1 lâmpada – fundida
Foco de tecto – 1 lâmpada – fundida
WC
Candeeiro do espelho – 3 lâmpadas – 1 fundida
Foco de tecto – 1 lâmpada – não existe (o foco está desmontado...)
CORREDORES
Lustre – 5 lâmpadas – 3 fundidas
Lanternas turcas – 3 lâmpadas – todas fundidas
Dois focos de tecto – 2 lâmpadas – fundidas
Fio eléctrico com casquilho (vergonha) – 1 lâmpada – fundida
Candeeiro de mesa – 1 lâmpada – funciona!
PORTA DA ENTRADA
Fio eléctrico com casquilho (vergonha) – 1 lâmpada – funciona!

Puff-puff... as razões de tanta lampadagem fulminada são assunto para uma outra história (rolling eyes), mas o que interessa é que hoje – finalmente – fez-se luz cá em casa!
Não frequento hipermercados, wortens, ikeas, akis ou similares, e apercebi-me que actualmente é praticamente impossível encontrar a pindériquice de uma simples lâmpada! Lojas dos chineses à parte (vai de retro, que estoiram ao terceiro toque no interruptor), não há n-a-d-a nos supermercados, nas mercearias, lojecas de bairro ou lojas de decoração. Nada, absolutamente nada, para além daqueles objectos abjectos com design em forma de rabo de porco e temperatura de luz ideal para uma arca frigorífica. 
Após muitos meses na penumbra e incessante busca, lá consegui ir à loja da especialidade da minha preferência. E nem ali encontrei o que queria... A mudança universal dos filamentos para os leds e outras modernices aniquilou qualquer leque de escolha. Não há os tamanhos que quero, nem a potência, nem a forma, nem o vidro, nem a cor, nem a paciência. Mais valia venderem velas.
Não comprei tudo o que precisava mas, ainda assim, não fiz a coisa por menos e vim carregada com um tiny stock para os próximos invernos: 33 caixas de lâmpadas %-\
Feias como borbotos, custaram – só – meio ordenado, com cada bolbo ao preço de um olho.
Diz que duram 20.000 horas, hum-hum. Ora bem, deixa ver, 20.000h : 24h =  833 dias e meio. Para não haver risco de arremesso de estilhaços à montra, espero não ser obrigada a regressar à loja antes de Março de 2016.

3 Comments:

Blogger Maga said...

Fada linda, só há um comentário possível: estás f(un)dida ;)
jocas

dezembro 21, 2013 1:20 da manhã  
Blogger Mimi said...

Fadaaaa...!

janeiro 06, 2014 4:30 da tarde  
Blogger Andreia Mariana said...

Se gostar do meu blogue http://omeumundoomeudiario.blogspot.pt/ pode ser seguidor?
By Andreia

maio 12, 2014 4:38 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Mais recente›  ‹Mais antiga