sexta-feira, fevereiro 03, 2006

mammy

Querida, querida, querida mamã,
“Muitas felicidades, muitos anos de vida”
Hoje vou-te oferecer um ramo de violetas, porque são as tuas preferidas.
Da fadinha para a Fada-Rainha, a mais maravilhosa de todas as fadas.

Chamem-me sentimental, lamechas e melosa que não faz mal. Ainda bem!

© fadinha, com vestido cor-de-rosa, nos braços da sua mãe

Etiquetas:

3 Comments:

Blogger fada*do*lar said...

Obrigado Charlie! :-D
Obrigada Elvira! :-D
As vossas palavras deixaram uma gotinha ao canto do olho da fadinha...
Apesar de, por alguma razão surrealista ou tecnológica, os vossos comentários ainda não estarem visíveis aqui no post (???).
chuac, chuac

fevereiro 05, 2006 7:40 da manhã  
Blogger fada*do*lar said...

Bem... não sei explicar este problema do Blogger. Recebi as notificações dos comentários via email, mas após 24 horas continuam invisíveis aqui no blog.
Por isso tomo a liberdade de fazer um copy-paste das palavras do Charlie e da Elvira:

Charlie on 04.02.2006 wrote:
"As folhas da bananeira são suficientemente amplas para ocultarem uma paixão. Quando expostas às imtempéries recordam-me ora a cauda ferida de uma fénix ora um leque verde rasgado pelo vento. A bananeira floresce. Todavia as suas flores nada têm de atraente. O mesmo acontece com o tronco enorme. Talvez por isso a bananeira acabou por conquistar o meu coração. Sento-me debaixo dela enquanto o vento e a chuva fustigam."
(Primeira lição, de "três lições prévias" de matsuo bashô - mestre do haiku)
Um beijo com o sorriso do mundo agarrado, para que existam sempre fadas rainhas, repletas de amor para construir outras fadas que se colam ao nosso coração. :)

Elvira on 04.02.2006 wrote:
Parabéns, Mamã Fada! :-) E beijinhos.

fevereiro 06, 2006 12:13 da manhã  
Blogger Melissa CookingDiva said...

Que lindo post :)
Abrazos,
M

fevereiro 22, 2006 2:02 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Mais recente›  ‹Mais antiga